Assunto da vez: Batom Vermelho

Oi gente, como vão? Quando tempo né? Ando sumido aqui no blog, eu sei, mas esse próximo mês vai ser tudo diferente ok? Mas enfim, como já viram o assunto que vamos tratar hoje é um grande ícone da beleza quem vem ultimamente conquistando cada vez mais os fãs, o batom vermelho. Eu fiz um post bem explicadinho dos tipos de vermelhos e também quais eu mais gosto, pois então, vamos lá:

Começando pela textura, não só o batom vermelho, mas todos possuem 4 tipos de textura:

Matte: É aquela que não possui nenhum tipo de brilho, glitter e possui pouca hidratação. A que a cor se torna mais vibrante pela cor fosca. É importante hidratar os lábios antes de aplicar esse tipo de batom para que não rachem e não resseque muitos os lábios.

Acetinado: Dá cor aos lábios com cores mais puras sendo-se seco, porém mais emoliente deixando os lábios sem aparência seca.

Cintilante: Possui brilho perolizado frio, que geralmente fazem com que o batom seja mais emoliente.

Cremoso: A textura mais clássica dos batons, são aqueles que possuem fácil deslize, com bastante cobertura e boa duração. Não possui brilho, mas oferece grande hidratação, ao contrário do matte.

O batom também pode ser ser definido por “mais aberto” ou “mais fechado” ou até mesmo os dois juntos, o “mais fechado” é aquele, nos caso dos vermelhos, que é mais jogado pro escuro quase mesmo pro vinho e o “mais aberto” jogado pros mais claros quase pro laranjão mesmo. Pode também ter o tom perfeito, assim como o 1.Ruby Woo, meu preferido:

redlipstick

Ruby Woo é um batom matte, com uma ÓTIMA cobertura porém um pouco difícil de se deslizar nos lábios por ser muito seco. Como todos sabem, ele é o FAMOSÃO da MAC, é perfeito para todos tipos de pele e eu costumo dizer que ele ao mesmo tempo que é fechado, ele também é aberto, por isso acaba sendo perfeito para todos os tipos de pele.

Continuar lendo

Anúncios